A Verdadeira Vida em Deus

Caderno de Anotação 37

A Verdadeira Vida em Deus

383

7 de outubro de 1989

9 de outubro de 1989

(Turim – Nossa Senhora do Rosário)

a Paz esteja contigo; reza por aqueles que ainda tentamdestruirMinha Vinha, duran- te a noite; reza, Minha Vassula, para que Minha ira diminua com relação a essas almas; tenho Chagas que fazem a Justiça de Meu Pai inflamar-Se por todos os cri- mes desta geração; quando Ele vê como tratamMinha Expiação e como Meu Corpo é machucado, flagelado e dilacerado, Sua ânsia em dispersar as nações, reduzindo-as a um monte de poeira, é grande; até mes- moMeus anjos tremem diante do que pode acontecer com toda a Terra; Meu Abba acalma-Se somente por causa das poucas almas que se imolam e Me amam; ah! Vassula! Minhas dores são gran- des; alma pequenina, amo-te apaixo- nadamente; aperfeiçoo e purifico almas generosas, almas dispostas a reparar e a expiar pelos outros; preciso de almas vítimas que se tornem almas vítimas de Amor, vítimas de Minha Paixão, vítimas que morram para si próprias, vítimas dis- postas a compartilhar Minha Cruz; preciso de almas generosas, dispostas a serem for- madas por Minha Própria Mão em crucifi- xos vivos; de que outra forma Eu impedi- ria a Mão de Meu Pai de vos abater? o mundo tem que mudar, converter-se e viver santamente; não mais permitirei que Meu Santo Nome seja profanado; Minha Paixão renova-Se em Meu Cor- po Místico e sofro tanto quanto sofri em Minha Paixão; Eu ando, filha, repetida- mente no mesmo Caminho do Calvário; a cada hora sou recrucificado; Eu que Sou Amor, mereço tudo isso? Soprai em nós para que nos tornemos víti- mas de Amor e sejamos capazes de expiar pelos outros, Senhor Jesus. Minha! podes aliviar-Me com teu amor; ama-Me e repara, jejua e sacrifica-te; todas

a Paz esteja contigo; dize isto depois de Mim: “Jesus, eu Vos amo; Jesus, perdoai meus pecados; Jesus, libertai-me de minhas dúvidas; Jesus, não permiti ao demônio aproximar-se de mim;”

(Nossa Santa Mãe)

flor, amando Jesus, Suas Chagas são sua- vizadas; o Amor ama-te;

8 de outubro de 1989

(Turim - domingo)

(Visitei a Basílica do Santo Sudário. Depois de rezar e falar com Jesus, saímos, e senti uma alegria imensa. Louvei o Senhor por mostrar-me Seu Grande Amor, um amor que jamais conheci durante todos os anos passados. Então, fui envolvida por um forte odor de incenso. Minha alegria redo- brou, pois esse foi Seu Sinal. Caminhamos até a igreja de San Domenico, onde, dois anos atrás, minha prima tivera uma aparição de nos- sa Santa Mãe, sobre a porta lateral da igreja, para chamar-nos, uma vez que era a Festa de Nossa Senhora do Rosá- rio, e nós não sabíamos. Estávamos adiantadas para a Missa e, enquanto estávamos lá sentadas, eu estava em adoração a Jesus e falava em francês com Ele. Ao perceber isso, eu Lhe disse em inglês: “Por que estou falando Con- vosco em francês? Eu falo Convosco em inglês.” Imediatamente Jesus me disse: “Prefiriria que falasses Comigo com teu coração;” e Ele derramou sobre mim Seu Perfume de Incenso.)

Made with